sábado, 17 de outubro de 2009

Arriscar...é viver!





Arriscar é Viver
Rir é arriscar-se a parecer louco.
Chorar é arriscar-se a parecer sentimental.
Estender a mão para o outro é arriscar-se a se envolver.
Expor seus sentimentos é arriscar-se a expor seu eu verdadeiro.
Amar é arriscar-se a não ser amado.
Expor suas idéias e sonhos ao público é arriscar-se a perder.
Viver é arriscar-se a morrer...
Ter esperança é arriscar-se a sofrer decepção.
Tentar é arriscar-se a falhar.
Mas...
é preciso correr riscos.
Porque o maior azar da vida é não arriscar nada...
Pessoas que não arriscam, que nada fazem, nada são.
Podem estar evitando o sofrimento e a tristeza.
Mas assim não podem aprender, sentir, crescer, mudar, amar, viver...
Acorrentadas às suas atitudes, são escravas;
Abrem mão de sua liberdade.
Só a pessoa que se arrisca é livre...
"Arriscar-se é perder o pé por algum tempo.
Não se arriscar é perder a vida..."

Autor Soren Kiekegaard

Foto ret. da net

3 comentários:

EDUARDO POISL disse...

Sempre em tudo temos que arriscar, nunca deixe de arriscar.
Abraços

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Alda, gostei do texto...Espectacular....
Beijos

Lia disse...

Olá Aldinha,

temos sempre de arriscar para podermos viver...

Passei para deixar muito carinho(espero que estejam bem):)
Beijinhos cheios de luz.

Lia