terça-feira, 21 de abril de 2009

Nostalgia da alma...



Nostalgia da alma...

Não sei, mas gostava de saber como colorir mais a vida, e os meus pensamentos...
Porque tudo tarda em chegar, e me foge das mãos, nada é fácil e nada me cai do céu, tudo é tão difícil, e existem sempre tantos obstáculos...
Perdida no mundo me sinto às vezes... é tão pouco o que preciso, e desejo.
Nostalgia, solidão da alma, desencontros da vida, uma rosa com alguns espinhos...
Altos e baixos, e as pedras no caminho são muitas...tropeço, caio, levanto-me e continuo. Não queria chegar ao fim do meu caminho sózinha, mas por vezes desencontro-me de ti ou tu de mim... já não sei...



C.G.


.

3 comentários:

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Alda, bela fotografia....
Quando uma pessoa tem confiança, sonha, luta e espera....
Beijos

MENSAGENS AO VENTO disse...

________________________________

Alda...É preciso procurar a felicidade em nosso interior, pois assim, jamais nos sentiremos sozinhos...

Belo e triste o seu refletir...

Beijos de luz e o meu especial carinho!!!

Zélia(Mundo Azul)

________________________________

Multiolhares disse...

Todos em alguns momentos sentimos essa fragilidade, pois a vida é isso mesmo, dificuldades, desilusões, lutas perdidas, e alguns ténues momentos de felicidade, mas cabe-nos a nós superar essas etapas, aprendermos com as quedas, nunca sentirmos pena de nós, e continuarmos sempre a lutar e a aprender.
No fundo é isso que fazemos neste plano tridimensional, aprendizado,
por isso minha querida procura como diz a " mensagens ao Vento" sempre no teu interior essa paz que precisas, pois nada está fora de nós mas no nosso interior.
beijinhos