segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Os versos que te fiz...


Florbela Espanca



Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

4 comentários:

Loulou disse...

Adoro Florbela Espanca! Lindo, lindo!

Beijos, querida

Alda. disse...

Obrigado querida amiga, eu também sou uma fã da Florbela Espanca.

Bjs

Geraldo Maia disse...

Amiga Alda,
Creio que todos nós gostamos de Florbela. No Brasil ela tem o seu fã clube. Aproveito a oportunidade para lhe transmitir meus votos de um belo fim de semana. Nós aqui estamos no início da primavera e a natureza parece estar mais bela.
Com tudo de bom,
seu amigo:
Geraldo

Fernando Santos (Chana) disse...

Amiga Alda...Espectacular...
Beijos